Podcast "oque muda pra comunidade LGBT se Lula for reeleito"

O Fato politico mais comentado da semana, o discurso de Luis Inácio Lula da Silva, na quarta-feira passada dia 10, também incluiu a comuni dade LGBT.
"A gente tem que respeitar a religiosidade de cada um. Ninguém precisa ser obrigado a ser da minha religião. Seja a que você quiser, a que você acredita. As pessoas po dem ser LGBT e a gente tem que respeitar o que as pessoas fazem. Esse mundo é possivel", disse o ex-presidente.

O discurso, de cerca de duas horas e meia, foi realizado na sede da Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo (SP).

Foi a primeira vez que o politico falou ao pu blico após, na segunda 8, ter duas condenações na Justiça e quatro processos contra ele serem anulados.

Com isso, ele, temporariamente, resgatou os direitos políticos e pode se candidatar a presidente da República em 2022.

A decisão foi tomada de forma individual pelo ministro do STF Edson Fachin. O plená- rio da corte ainda tem de se pronunciar.

E mesmo que haja confirmação da decisão, Lula ainda terá de enfrentar processos so- bre as mesmas acusações de corrupção na Justiça do Distrito Federal.
Por isso nosso podcast da semana trás uma conversa com Danilo administrador do grupo LGBTQ+ no Facebook.
A conversa é sobre "oque mudaria na comunidade LGBT com Lula no poder e oque mudaria sem ele".
O podcast está disponível no Spotfy, Deezer, iTunes, e Google podcast.