Homem invade o quintal de casal gay pra gritar descurso de ódio na janela do casal “Eu vejo você, viado de merda”.

O NYPD prendeu o homem que entrou na propriedade de um casal gay em Staten Island no mês passado e cuspiu calúnias anti-LGBTQ, chutou a porta e fez ameaças diretas.


Clifford Hammel, 43, foi levado sob custódia às 8h45 do dia 3 de fevereiro e acusado de assédio em primeiro grau e invasão criminal, segundo as autoridades. Nenhuma acusação de crime de ódio foi emitida, embora o promotor público de Staten Island, Michael E. McMahon, tenha dito em 2 de fevereiro que seu escritório ainda estava investigando o caso. Seu escritório não retornou imediatamente um pedido de comentário após a prisão.
A prisão de Hammel ocorreu poucos dias depois que o Gay City News publicou uma história exclusiva detalhando a cena horrível que se desenrolou em Willow Road depois da meia-noite de 24 de janeiro. No fim da noite de 23 de janeiro, o casal Joe Canale e Raymond Gamarra disseram que pediram aos vizinhos para não falarem. porque a festa deles estava muito alta. Esse simples pedido enfureceu Hammel, que fez várias viagens para a casa de Canale e Gamarra, segundo o casal.

A cena aumentou depois da meia-noite quando Hammel foi até a casa do casal e desencadeou uma enxurrada de homofobia flagrante.

“Eu vejo você, viado de merda”, disse Hammel no vídeo obtido pelo Gay City News. “Sua pequena vadia. Foda-se você. Seu viado de merda. "

Hammel continuou a proferir calúnias antes de ameaçar o casal em seus locais de trabalho e na academia, dizendo que iria "levá-lo aonde quer que você fosse". Ele também chutou a porta do casal no meio de sua confusão matinal - que foi tudo filmado. Um homem não identificado acompanhou Hammel durante todo o incidente.

Fonte GayCityNews