SP: Polícia decreta prisão de Travesti que extorquia garotas de programa

A Justiça decretou a prisão de travesti suspeita de extorquir garotas de programa, em Sorocaba (SP). A prisão dela ocorreu na manhã do dia 20 de outubro em Vila Lucy.


De acordo com a informação dada pelo G1 e pela Polícia Civil, ela é investigada por ameaças a vítimas com armas, facas e violência física. Ainda de acordo com a polícia, a suspeita exigia o pagamento pelo "uso do ponto", alegando ser dona de parte do valor dos programas.

A prisão temporária era de cinco dias e foi convertida em preventiva. A polícia analisou o depoimento de supostas vítimas, que detalharam como funcionaria o esquema na cidade. Ela nega a prática e disse ter sido incriminada.

O inquérito foi relatado à Justiça e aguarda a denúncia do Ministério Público. A investigação foi do 3º Distrito Policial. A indiciada foi encaminhada a uma unidade prisional da região.

Fonte G1