"Pride House" centro de convivência para LGBTs é criada no Japão

O primeiro centro comunitário para comunidade LGBTQ foi inaugurado neste domingo (11) em Tóquio. Os ativistas esperam que essa iniciativa relacionada aos Jogos Olímpicos contribua de forma duradoura para a eliminação do preconceito e da discriminação.

Os princípios da "Pride House" são os mesmos de outras casas temporariamente criadas durante os Jogos Olímpicos, embora a "Pride House" no Japão seja uma troca permanente de informações para aumentar a consciência pública sobre a diversidade sexual e Ofereça refúgio às vítimas. Assédio ou discriminação.

O Japão é o único país do G7 que não reconhece o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Muitas pessoas têm dificuldade em alugar uma casa ou ir ao hospital para tratamento. 

Os ativistas acreditam que esses problemas mostram que o Japão precisa de um lugar como a "casa do orgulho" coordenado pelos organizadores das Olimpíadas de Tóquio.
Fonte G1