Post Page Advertisement [Top]

Por região, a maior concentração dos assassinatos foi verificada no Nordeste, que teve 45 assassinatos (37% dos casos) ao longo do ano passado. Eis os dados:

Nordeste – 45 assassinatos;
Sudeste – 37 assassinatos;
Sul – 14 assassinatos;
Norte – 14 assassinatos;
Centro-Oeste – 12 assassinatos.
Dos 124 assassinatos notificados em 2019, em 13 não há informações sobre o tipo de ferramenta/meio utilizado para cometer o assassinato. Dos demais casos observados, 43% foram cometidos por armas de fogo; 28% por arma branca; e 15% por espancamento, asfixia e/ou estrangulamento.

As mais jovens trans assassinadas no ano passado tinham apenas 15 anos. Foram 3 vítimas nessa idade. Duas delas foram apedrejadas até a morte.

Do total de vítimas, 90% trabalhavam com prostituição. Outras 6% tinham emprego formal, e 4% informal. 80% das vítimas eram pretas ou pardas; 17% eram brancas e sobre 1% não se tem informação.

Apenas 8% dos casos ocorridos no ano passado tiveram os suspeitos identificados. Pessoas trans do gênero feminino representam 98% das vítimas.

Fonte poder 360 Drive

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]


| Desenvolvido por Colorlib - GOOGLE