África do Sul: Casal gay é impedido 5 vezes de casar por serem do mesmo sexo " nenhum cristão vai querer fazer" disse Funcionário

Um casal gay que lutou contra as autoridades pelo direito de ter seu casamento oficialmente reconhecido finalmente ganhou sua batalha, compartilhando seu casamento legal com o mundo.

Muhammad Buckus e Kyle Pillay trocaram votos em uma cerimônia tradicional hindu no ano passado em Pietermaritzburg, África do Sul, antes de se mudarem para a baía de Richards.

“Nós sabíamos que também queríamos nos casar legalmente”, disse Buckus, de acordo com o Ground Up . “Nem por um momento pensamos que seria um problema.”

Eles planejaram tornar seu casamento legal após a mudança, mas foram recusados ​​pelos funcionários do Home Office, apesar de os casamentos entre pessoas do mesmo sexo serem legais na África do Sul.

“Recebemos desculpa após desculpa e parece-nos que o problema é que somos um casal do mesmo sexo”, disse Buckus.

Desde setembro de 2019, o casal já visitou o Home Office cinco vezes.

Eles foram inicialmente informados de que não havia ofício de casamento, e então que não havia datas de casamento disponíveis até o ano seguinte.


Um oficial disse-lhes que ninguém iria realizar o casamento “porque são cristãos que têm convicções firmes, mas nunca vão dizer isso na sua cara”.

Depois que jornalistas interrogaram as autoridades, o casal finalmente conseguiu uma entrevista para legalizar seu casamento na quinta-feira (8 de outubro).


Buckus disse que embora o “tratamento VIP” fosse apreciado, ele e seu agora marido apenas “queriam se casar como qualquer outra pessoa pode”.


"Estamos aliviados", disse Buckus. “O oficial do casamento foi muito gentil conosco. A única falha foi a mudança de sobrenomes. O sistema detectou que eram dois homens e não permitiria. Então, apenas deixamos nossos sobrenomes como estão. ”


Fonte:PimkNews