Post Page Advertisement [Top]

Um par de tênis provocou uma reviravolta no caso Luara, jovem trans de 23 anos, que estava desaparecida desde o dia 10 de agosto. Após a exibição da reportagem na semana passada, Jonathan Cunha, namorado de Luara e apontado pela família da jovem como principal suspeito, entrou em contato com o Cidade Alerta exigindo um direito de respostas. A entrevista, marcada para esta segunda-feira (24), não aconteceu porque Jonathan acabou preso. No final de semana, o pai de Luara encontrou o rapaz e percebeu que ele estava usando o tênis que a filha usava no dia do desaparecimento. Ele avisou a polícia, que interrogou o jovem e Jonathan finalmente confessou o crime. O corpo da jovem estava enterrado próximo à casa dos país de Luara e foi encontrado por um comerciante que trabalha na região. Jonathan foi preso sob os gritos de revolta da população de Mairinque, no interior de São Paulo.

veja os videos com a historia desde o INICIO:


Fonte: R7/cidade Alerta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]


| Desenvolvido por Colorlib - GOOGLE