Transexual Alice Felis relata ter sofrido agressão em seu próprio apartamento, em Copacabana

A transexual Alice Felis usou seu perfil no Instagram para denunciar ter sofrido uma agressão, no último domingo, em seu apartamento, em Copacabana, Zona Sul do Rio. Em vídeos postados, ela diz que um homem invadiu o local, a agrediu, tentou esfaqueá-la e fugiu levando cerca de R$ 3 mil.

— Veio, me bateu, tentou me esfaquear. Pedi para que ele não me esfaqueasse — disse Alice.

Ela contou que teve mandíbula, nariz e dentes quebrados. Alice mostrou ainda o apartamento completamente revirado e com muito sangue espalhado pelos cômodos. Ela disse não ter dinheiro para nada, e agora faz uma campanha pedindo ajuda:

— Ele levou o único dinheiro que eu tinha. Não tenho dinheiro para nada. E ainda me ameaçou dizendo que não era para eu ficar no Rio. Se ficasse, ia me matar de verdade.


O caso está sendo investigado pela 13ª DP (Ipanema). Segundo a Polícia Civil, diligências estão em andamento para esclarecer o fato.

Vários famosos fizeram postagens sobre a agressão a Alice Felis. A atirz Kéfera, Pabllo Vittar são alguns que se pronunciaram usando as redes sociais. A cantora Marília Mendonça postou em seu perfil no Twitter classificando o caso como uma história brutal.

Até a manhã desta terça-feira, a campanha de Alice já havia arrecadado quase R$ 40 mil dos R$ 60 mil, que é a meta.

O influenciador digital Felipe Neto compartilhou, em seu perfil no Twitter, o pedido de ajuda.

Fonte extra