Post Page Advertisement [Top]

Aja Raquell Rhone-Spears
Uma mulher negra e transgênero foi assassinada no Oregon enquanto participava de uma vigília por um homem que havia sido morto vários dias antes.
Aja Raquell Rhone-Spears, 33, foi uma das 20 a 30 pessoas que participaram de uma vigília em Portland, no dia 28 de julho, pela vítima de assassinato Tyrell Penney. A vigília foi realizada em uma residência particular.
Segundo a polícia , houve uma briga - uma “grande perturbação ocorreu envolvendo vários participantes” - na vigília e duas pessoas foram esfaqueadas, incluindo Rhone-Spears.
Quando a polícia de Portland apareceu, eles tentaram tomar medidas para salvar vidas, mas ela foi declarada morta no local. A polícia não disse em que condições a outra vítima esfaqueada se encontra.
Sua morte foi declarada homicídio e a polícia diz que havia "várias testemunhas", mas que "encontraram hostilidade e falta de cooperação".
Nenhuma prisão foi feita.
Seus amigos lamentaram sua morte e um postou uma homenagem a ela no Facebook. Um GoFundMe foi criado para ajudar a pagar as despesas de funeral e já arrecadou mais de US $ 2800 até o momento.
A polícia está incentivando qualquer pessoa com informações a entrar em contato.
Pelo menos 26 pessoas trans e não-conformistas de gênero foram mortas nos EUA em 2020, de acordo com a HRC .
Fonte: LGBTQNation

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]


| Desenvolvido por Colorlib - GOOGLE