Suíça caminha para legalizar o casamento gay

A Suíça é um dos poucos países da Europa Ocidental que ainda não adotou a igualdade no casamento.

Casais de gays e lésbicas podem registrar uma relação de união civil com o governo, mas o casamento e os benefícios resultantes ainda são negados às pessoas LGBTQ. Agora o Parlamento do país começou a considerar a questão e parece positivo para a comunidade.


Embora o país tenha sido um dos primeiros a descriminalizar a homossexualidade na década de 1940 e geralmente seja considerado progressivo quando se trata de questões LGBTQ, a comunidade ainda carece de algumas proteções básicas.

A câmara baixa do país, o Conselho Nacional, debateu a questão esta semana com amplo apoio. Enquanto o maior partido político se opunha à igualdade no casamento, eles não constituem a maioria. Especialistas acreditam que a legislação para legalizar casamentos entre pessoas do mesmo sexo passará pela câmara.

O destino do projeto na câmara alta, a Assembléia Federal, não é tão certo, mas a esmagadora maioria dos cidadãos suíços apóia a igualdade no casamento.

Pesquisas independentes mostram que mais de 80% dos cidadãos apóiam a igualdade no casamento. A Igreja Reformada Suíça também a endossou.

No início deste ano, os cidadãos suíços votaram na reforma da lei criminal para tornar ilegal o discurso de ódio e a discriminação contra pessoas LGBTQ.

Fonte lgbtqnation