Lésbica mata Ex companheira Confessa e sai pela porta da frente da delegacia

Daiane segundo a reportagem exibida dia 25 de maio de 2020 teria Matado a sua Ex Mulher se confessou e saiu pela porta da frente da delegacia.
Daiane
Daiane e rê confessa de uma assassinado sua ex mulher, Dois dias depois ela teria se entregado a polícia, e saiu pela porta da frente deixando os familiares e amigos da vítima revoltados.
A justiça entende o caso como feminicídio homo-afetivo.

Segundo relatos de familiares e amigos: o relacionamento das duas era complicado Juliana já havia sofrido violência doméstica por parte da Daiane que já chegou até a atear fogo no carro de Juliana.

Segundo o relato de sua mãe Juliana dizia que tinha medo de Daiane, e decidiu que não queria mais o relacionamento. Mas mesmo assim Daiane continuava insistindo.

 A 15 dias Antes do ocorrido ela comprou a arma que usaria para cometer o crime contra sua ex companheira Juliana , ela também teria comprado um saco de ração para cachorro, com a desculpa de distribuir a ração para os cachorros de rua da região ela conseguiu atrair a vítima para fora de casa.

Já premeditando o crime as duas saem para levar a ração para os cachorros da região, na volta enquanto as duas conversavam na rua houve uma discussão, segundo um casal que passava na hora da discussão e parou para acompanhar Daiane queria reatar a relação mas Juliana não queria mais saber dela, foi neste momento que Daiane deu um empurrão em Juliana desferindo o primeiro tiro.
Juliana

Juliana ainda tentou tirar a arma da mão de Daiane mas não conseguiu, nisso Daiane desferiu mais 3 disparos em Juliana fazendo a vítima cair, Quando a vítima caiu Daiane gritou "Morre sua maldita" dando mais um tiro nas costas da vítima fazendo Juliana vir a óbito.



Reportagem Vanderson Rodrigues Samael
Todas as redes sociais:
@vanderaonsamael 
Vídeo:  Cidade alerta
Edição: Rafael Calasar

 Acompanhe a reportagem completa: