KORTH PRODUZ DISCO DE ESTRÉIA SEM A PRESSÃO DA INDUSTRIA:

Eu sou inspirado pelo mundo ao meu redor. Minha família, meus amigos, meus fãs. O álbum conta não só a história da minha vida, como a de outras pessoas também. Todos experimentamos um pouco do sucesso, fracasso, lutas e redenções", diz o artista goiano sobre seu primeiro trabalho.
 Com quase 8 anos de experiência no mercado como DJ, Korth se viu numa crise pessoal. "Preparava o meu primeiro disco e só pensava em lançar algo novo e original, levei três anos, mas finalmente terminei, só queria me divertir e fazer um disco diferente", livre de expectativas de fazer “sucesso” ou atender números de vendas". Este álbum é o DJ em sua forma mais pura e vulnerável.



 Batemos um papo exclusivo com Korth sobre seu álbum de estreia “Korth Is Here”, confira:

  • Seu álbum está cheio de referências políticas e religiosas, mas como DJ suas músicas são energéticas e vibrantes. O que te motivou a escolher esse caminho?

Eu sou fascinado por política e passei alguns anos da minha infância em um seminário católico, hoje em dia não sou uma pessoa religiosa, mas considero que ambos promovem impactos tanto positivos quanto negativos nas pessoas. Quando comecei a produzir este álbum, tinha acabado de sair de um relacionamento, estava longe da maioria das pessoas que eu amo meus amigos e família, e pensava muito sobre meu lugar no universo. Apenas fez sentido produzir músicas com esses temas.

  • Que tipo de mensagem você gostaria de compartilhar através do se álbum?

O disco alem de canções sobre amor e amizade aborda assuntos como drogas, sexualidade e cultura de vida, com uma sonoridade inspirada em artistas que eu escuto desde criança, como Daft Punk, Steve Angelo e Avicii. A primeira parte é mais experimental, um projeto encabeçado por mim com a minha gravadora Maze Records.

  • Qual música do seu álbum foi a mais difícil de se produzir?

"Praying" leva meus vocais, eu não falo inglês fluente então tive que gravar várias vezes, o arranjo também tem uma proposta diferente da convencional, deu trabalho, mas foi divertido fazer um disco sem a pressão por hits de rádio.


  • Em seu feed no Instagram a semanas atrás, você disse que havia trabalhado com Kadie Elder. Como aconteceu essa parceria?

Em 2016 eu estava na casa de um amigo ele me mostrou um vídeo deles, eu adorei a canção, entrei em contato com eles pelas redes sociais e eles me enviaram os vocais.

  • Você anunciou o álbum para o fim de 2018. por que ele não foi lançado?

Como eu disse antes acho política um tema muito presente na vida das pessoas, após as eleições fiquei bem triste com o resultado, a desunião das pessoas da esquerda e os ataques racistas e homofóbicos que sofri em minhas redes sociais mexeram muito comigo, juntei isso aos problemas do dia a dia,  fiquei perdido , apenas não era um bom momento pra mim.

  • Depois de todas as 10 músicas terem sido feitas, o resultado final foi melhor do que você esperava, temos alguma faixa com DNA de um hit?

Para falar a verdade, eu não esperava nada, eu passei os últimos três anos ouvindo de todo mundo que eu deveria ser mais como artista X e Y para ter sucesso, mas oque eu quero mesmo é fazer minhas músicas. É  oque me move.

  • O que podemos esperar de você para o restante do ano?

Shows! Muitos shows! Estou ansioso para tocar essas músicas para as pessoas ao redor do mundo. Eu estou com saudades de tocar é uma das coisas que me fazem mais feliz, me inspira e sempre volto para casa me sentindo amado.


  • Quando vamos poder ouvir o álbum completo?

O lançamento do Album estava previsto para primeira semana, de abril, mas por conta da quarentena, tive  todos os shows de divulgação cancelados, o que também me levou a adiar o lançamento do álbum, vocês podem sentir o gostinho do que estar por vir com o single e vídeo clipe de First Time He Kissed a Boy lançado exclusivamente em um formato especial no meu Instagram 

Obrigado pelo seu tempo, antes de irmos poderia deixar uma mensagem para os fãs?

Desculpem fazer vocês esperar e obrigado a todos que acreditam nas minhas loucuras! Eu amo vocês anjos!
Ouça no SPOTIFY: Clique Aqui
Siga no INSTAGRAM: Clique Aqui
Veja a entrevista exclusiva no Youtube e se inscreva pois vem muita novidade por ai: