Post Page Advertisement [Top]

Após saída do ministro da na justiça Sérgio Moro e de ter relatado suposta interferência do Presidente da República na Polícia federal.
Nesta sexta-feira dia 22 de maio, o ministro do supremo Celso de Mello liberou mas,  com algumas restrições o vídeo da reunião em que supostamente o Presidente da República teria dito que interferiria na Polícia federal do Rio de janeiro.
Quando o suposto vídeo veio à tona muitas outras coisas também vieram, inclusive uma frase do presidente dizendo que teria medo de ser preso por homofobia.
No vídeo ele exclama com tom de ignorância "porque se for a esquerda, eu vocês, uma pancada de gente vai ter que sair do brasil, Porque vocês serão presos, e vcs me encontraram lá por homofobia". 
Em maio de 2019 Bolsonaro foi condenado a pagar indenização a comunidade LGBT por declarações homofóbicas. (Link aqui).
Ele também disse que não iria financiar filmes com temática LGBT na Ancine. (Link)
Em Abril de 2019 ele vetou um comercial do banco do Brasil que mostrava jovens Gays. (Aqui)
Em abriu disse que o país não pode se tornar um paraíso gay ( link ).
E sobre a decisão do STF de igualar a homofobia ao racismo ele chamou de " completamente equivocada". ( Aqui).
Veja o vídeo:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]


| Desenvolvido por Colorlib - GOOGLE