A Indonésia pode criminalizar a homossexualidade. A punição seria exorcismo.


A Indonésia está a caminho de criminalizar a homossexualidade e a punição seria absurda. Se considerado culpado, o acusado seria submetido a "reabilitação" para remover sua homossexualidade.
Provavelmente um exorcismo muçulmano ex-gay.
Muitos líderes de ex-ministérios cristãos gays acabam se tornando gays e admitem que a prática não funciona.
Enquanto outros países passam a proibir a “terapia ex-gay” como uma forma de tortura psicológica sem benefício, a Indonésia recuou. A Alemanha foi a última nação a proibir a prática perigosa que freqüentemente gera tentativas de suicídio e danos psicológicos duradouros.
17 de maio de 2015: O Dia Internacional Contra Homofobia, Bifobia e Transfobia foi marcado com bandeiras do arco-íris em Jacarta
Quatro partidos políticos estão apoiando o projeto de lei e ele se tornou uma prioridade para o atual Parlamento.

Enquanto as técnicas diferem entre religiões e locais, os temas básicos permanecem os mesmos quando se trata de tortura ex-gay. Oração, estupro "corretivo", mudanças na dieta, métodos de aversão dolorosa, auto-mutilação e diagnóstico psicológico falso são comuns.

Muitos líderes de ex-ministérios cristãos gays acabam se tornando gays e admitem que a prática não funciona.

Fonte: LGBTNATION