Post Page Advertisement [Top]

No dia 20 de abril, o vigilante  homossexual Josenildo da Silva, mais conhecido como Nil, era vigilante de uma escola pública do Guarujá (SP). foi assassinado após encontro com um rapaz que conheceu por aplicativo de relacionamento. Ele tinha o costume de marcar encontros por um aplicativo de paquera.
Ele foi atraído para uma emboscada numa praia perto de onde morava.
De acordo com familiares o suposto assasino Aida se passou por Nil nas redes sociais para pedir dinheiro para a família.

A situação e reportagem nos acende um alerta. Há procedimentos de segurança que devemos tomar para cuidar de nossas vidas e saúde quando conhecemos alguém por aplicativo. Estamos sujeitos a emboscadas de homofóbicos ou mesmo de criminosos responsáveis por latrocínios e homicídios.

Desde o lugar para o encontro, aviso à pessoas próximas sobre o encontro e a confiança de conhecer bem a pessoa são medidas preventivas que podem ajudar a garantir segurança e evitar situações desagradáveis. Caminhos necessários para o encontro romântico ser seguro.



Fontes R7, Cidade alerta, G1
Redação Rafael Calasar e Rodrigo Camaliote
Revisão Vanderson Rodrigues Samael

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]


| Designed by Colorlib