Adolescente é morta pelo EX após ele não aceitar ser trocado por uma mulher

Ashanti 'Ace' Posey, 17, estava dirigindo com outra pessoa na cidade em 9 de abril, quando foi morta a tiros.
A polícia que investiga o incidente alegou que a morte dela ocorreu logo após o casal ter vendido maconha.
No entanto, a mãe do adolescente, Amber Posey, questionou a alegação.

Mãe enlutada diz que acredita que sua filha foi morta por 'ciúme'

Ela disse à WTVF : “Minha filha trabalhou dois empregos aos 17 anos, dois empregos. Ela não conseguiria um segundo emprego se fosse uma criança de rua, isso não é o que as crianças de rua fazem, elas não tentam ganhar dinheiro da maneira mais honesta. ”
“Minha filha era uma criança carinhosa, era simples assim. Se você acreditou no que ela acreditava, você era a família dela.
Ela alegou o assassinato: “Isso foi por ciúme, porque minha filha era abertamente gay e teve um relacionamento feliz com uma jovem por dois anos.
"Às vezes, ser diferente não é aceito na sociedade, simplesmente não é."
Posey disse que faria o que fosse necessário para encontrar justiça para sua filha, acrescentando: “Eu não me importo se você deu a arma à pessoa, se você deu a ela dinheiro para chegar onde meu bebê estava, eu vou derrubá-lo."
A Hillsboro High School, da qual o adolescente havia participado, disse em um comunicado: “Ashanti era uma estudante brilhante e atenciosa e um membro do time de basquete de Lady Burros.
“A família Hillsboro High está arrasada com a notícia de sua morte, e nosso coração está com sua família e amigos.
"Faremos tudo o que pudermos para oferecer apoio aos colegas de Hillsboro para processar suas emoções e pesar durante esse período difícil".
A polícia apelou a qualquer pessoa com informações para entrar em contato com o CrimeStoppers.
Fonte Pinknews