Dono de pizzaria diz que ‘tem que matar viado’ e população reage

Francisco das Chagas Martins, dono de uma pizzaria localizada no Crato (CE), gerou revolta nas redes sociais ao gravar um áudio via WhatsApp com insultos homofóbicos. Após a mensagem infeliz, o tema foi parar até nos Trending Topics do Twitter nesta terça-feira, 17.

No áudio vazado, o dono do estabelecimento tecia elogios a Jair Bolsonaro (PSL) para um amigo, dizendo que Lula transformaria o Brasil “em uma Venezuela” caso estivesse no poder e enfatizou que “tem que acabar com viado, matar esses viados”.
Após a divulgação do áudio, os moradores da cidade se revoltaram contra a ofensa aos gays e organizaram um protesto em frente à pizzaria do empresário. De acordo com o “Universa”, houve até um “beijaço coletivo”.
Depois da repercussão negativa, o empresário pediu desculpas por meio de um post na web e alegou que a mensagem “não passou de uma brincadeira mal interpretada” e que ele não tem “nenhum preconceito contra qualquer pessoa”.

“Eu, o senhor Martins, proprietário da Tuttipasta, venho através deste comunicado esclarecer publicamente o ocorrido e também me desculpar pelo áudio que foi postado entre eu e um amigo que não passou de uma brincadeira que foi mal interpretada. Quero aqui deixar claro que não tenho nenhum preconceito contra qualquer pessoa, e sim tenho grande respeito por todos. Sou um empresário conhecido por todos os cratenses a [sic] 34 anos, e também tenho repúdio de qualquer tipo de discriminação. Peço desculpas e perdão a toda sociedade do Crato por esse gesto de brincadeira inpensado [sic], espero do fundo do meu coração que possam me entender e deixo minhas sinceras desculpas. Muito obrigado a todos! A empresa Tuttipasta está tomando todas as providências”, dizia nota.

Dono da Pizzaria Tuttipasta no Crato-CE reclamou, no whatsapp, do direito das empregadas domésticas e afirmou que homossexuais deveriam morrer. Colocaram um carro de som protestar na porta da pizzaria e puseram o áudio pra cidade inteira ouvir.

Fonte:CatracaLivre

Nenhum comentário