"Falaram que tinha que ser estuprada pra virar mulher", diz professora

Além da violência, os LGBT`s também precisam lutar contra o preconceito. Em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, você vai conhecer a história de uma professora de Educação Física que precisou enfrentar a família e o medo por causa de sua orientação sexual. Expulsa de casa pela mãe, Laís sofreu com preconceitos e vários tipos de ameaças.
O julganento do caso não tem data mais acontecerá ainda esse ano.

A reportagem é da RedeTV e esta postada no nosso canal do YouTube:

Nenhum comentário