Brasil cai 13 posições no ranking de países seguros para LGBTs

Segundo estipulado na RevistaArcoIris, O país chegou a ocupar o 19° lugar em 2010. O que sinalizou uma queda de 49 posições em uma década. O Brasil passou do 55º lugar em 2018 para o 68º em 2019 no ranking do site Spartacus dos países mais hospitaleiros para a comunidade LGBT. Na comparação com os últimos 10 anos, a discrepância é ainda maior: 49 posições. Em 2010, os brasileiros chegaram a ocupar o 19° lugar.

Estes levantamentos são imprescindíveis para aclarar a questão. Por isso é tão essencial que a criminalização da homofobia seja regulamentada, para diminuir e sentenciar estes ataques covardes. Os dados foram fornecidos por ONGs que atuam concernentes aos Direitos Humanos. Totalizando 197 países catalogados no ranking da Sparta

Fonte observatório G


Nenhum comentário