Bolsonaro impede filme gay "Boy Erased" de passar no Brasil

A Universal Pictures, distribuidora de filmes, informou pelo Twitter que não vai mais lançar o filme “Boy Erased – Uma verdade anulada” no Brasil.

A empresa confirmou essa informação após ter sido questionada por um seguidor na rede social. O filme estava previsto para estrear nos cinemas no dia 31 de janeiro.
"Por que Boy Erased não foi lançado nos cinemas?”, perguntou o seguidor pelo Twitter. E a Universal respondeu:
“Infelizmente esse filme não será mais lançado pela Universao Picutures aqui no Brasil”. A distribuidora, no entanto, não se justificou.
Baseado em fatos reais, o filme conta a história de um jovem de 19 anos que é gay, filho de um pastor da igreja batista e que mora em uma cidade conservadora dos Estados Unidos. A família não o aceita sua homossexualidade e propõe que o filho entre em um programa de terapia para buscar sua “cura”.
A notícia do cancelamento do filme no Brasil gerou repercussão nas redes sociais. Muitos internautas dizem que têm afirmado que é uma atitude conservadora da distribuidora, em razão do tema abordado na história.
Meus queridos Brasileiros, “Boy Erased” foi banido no Brasil. O seu Presidente está banindo conteúdo LGBT+. Banir um filme sobre os perigos da terapia de conversão é PERIGOSO! Bolsonaro é uma ameaça às vidas dos LGBTQ+. Eu te amo Brasil e eu vou lutar com vocês! pic.twitter.com/jRekZw1r8w
— becca loves mands (@caraibeccx) February 3, 2019

Nenhum comentário