PROJETO ARTÍSTICO NAS RUAS EXPÕE DISCURSO DE ÓDIO CONTRA POPULAÇÃO LGBT

O artista e pesquisador Bruno Herbert produziu uma série de painéis públicos nos muros da cidade de São Paulo, discutindo o tema da violência contra LGBTs e do discurso de ódio aos assassinatos de gays, lésbicas e simpatizantes; o projeto foi apresentado como TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) de design gráfico no Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) e ganhou notoriedade ao ser disseminado pelas paredes da cidade
O artista e pesquisador Bruno Herbert produziu uma série de painéis públicos nos muros da cidade de São Paulo, discutindo o tema da violência contra LGBTs e do discurso de ódio aos assassinatos de gays, lésbicas e simpatizantes. O projeto foi apresentado como TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) de design gráfico no Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) e ganhou notoriedade ao ser disseminado pelas paredes da cidade.
A reportagem do site Ponte.org, destaca que "de TCC para a vida real, o artista optou por passar a mensagem ao usar lambe-lambe (cartazes artísticos colados em espaços públicos como postes, paredes e praças) espalhados por diversos locais. A arte está desde o vão livre do Masp, na região central de São Paulo, até bairros periféricos, como Parelheiros e Grajaú, ambos na zona sul da capital paulista."
"A intervenção artística teve como foco expor o discurso de ódio contra LGBTs para causar incômodo na população. Em entrevista à Ponte, Bruno conta que falar do seu projeto é mergulhar em seus processos pessoais, entendendo como eles guiaram e moldaram sua trajetória enquanto LGBT. Ele explica que, durante a graduação, seu ativismo veio junto do processo de autoconhecimento."

Nenhum comentário