ParaNorman tem o primeiro personagem abertamente gay em desenho animado

Ativistas e apoiadores do movimento LGBT esperam que esse seja apenas o primeiro passo para uma maior representação dos gays nas mídias para crianças e jovens. Na rede social Tumblr o post ‘compartilhe se você acha que a próxima princesa Disney deveria ser um príncipe’ já conta com mais de nove milhões de compartilhamentos. Só nos resta esperar que algum dos grandes estúdios de animação aceite correr o mesmo risco que o pequeno Laika.


Em setembro deste ano estreou nos cinemas brasileiros o desenho animado ParaNorman, do estúdio Laika. A animação em stop-motion conta a história de Norman Babcock, um garoto aficcionado por zumbis e que possuí a habilidade peculiar de falar com os mortos. Apesar de não ser um dos maiores sucessos da animação dos últimos tempos, ParaNorman tem seus méritos na ótima direção de arte, referências a diversos clássicos do terror (um prato cheio para quem gosta de procurar por easter eggs) e sua mensagem principal: as coisas nem sempre são o que parecem.
Enquanto Norman, que sofre bullying na escola e não é considerado normal pelos seus pais, se torna o herói da cidade, um gordinho desajeitado acaba se revelando o mais corajoso de todos e os zumbis não são os verdadeiros vilões. Em meio há tantas surpresas o personagem coadjuvante Mitch pode quase que passar desapercebido. Apresentado como um esportista musculoso, carismático e não muito inteligente, é somente nos últimos minutos do filme que descobrimos a característica diferenciada do jovem de outra forma cliché. Mitch é o primeiro personagem abertamente gay em um filme infantil.
A revelação em si não passa de uma cena breve. Ao ser convidado pela irmã de Norman para ir ao cinema Mitch responde com naturalidade “Claro, você vai adorar meu namorado, ele curte filme de mulherzinha.” e o filme continua. Esse é o maior mérito de ParaNorman: não tratar essa revelação como uma excessão e sim apenas mais um aspecto do personagem. Apesar do posicionamento polêmico as reclamações não foram muitas e vieram apenas da extrema direita conservadora nos Estados Unidos. Enquanto alguns reclamam da técnica “subversiva” de se apresentar um personagem carismático para só no final revelar sua sexualidade, outros aplaudem a iniciativa de se finalmente ter-se os homossexuais representados em um filme para crianças. “Precisamos mais do que só Glee.” diz Amelia no site americano gay voices.

ParaNorman tem o primeiro personagem abertamente gay em desenho animado ParaNorman tem o primeiro personagem abertamente gay em desenho animado Reviewed by Vanderson Rodrigues on 25.11.18 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.